Internacionalização de endereços de e-mail (EAI)

Internacionalização de endereços de e-mail (EAI) é um processo que permite que endereços de e-mail com o nome do domínio ou nome da caixa de correio em diferentes idiomas e scripts funcionem corretamente ao enviar e receber e-mails. Estes podem incluir endereços de e-mail representados em árabe, chinês, cirílico, hebraico, japonês ou scripts tâmil. Por exemplo, se um indivíduo tentasse enviar um e-mail para outra pessoa usando um endereço de e-mail que terminasse em .онлайн (.online), mas a caixa de e-mail do destinatário não estivesse pronta para o EAI, sua mensagem nunca seria recebida e eles não seriam capazes de se comunicar uns com os outros.

Email software e provedores de serviços devem fazer alterações específicas para aceitar e enviar endereços de e-mail internacionalizados. Essas alterações poderiam incluir a garantia de que suas aplicações são compatíveis com caracteres Unicode para nomes de usuários e com o padrão IDNA (Internationalized Domain Names in Applications) 2008 para nomes de domínio, bem como a garantia de que seu suporte ao EAI é anunciado ao conversar com outros sistemas de e-mail. Isso pode exigir que os provedores de serviços implantem e configurem um conjunto específico de ferramentas e versões que suportam EAI.

Sem essas atualizações, muitas pessoas não poderão enviar ou receber e-mails de endereços de e-mail válidos em todo o mundo. Portanto, o EAI é um dos requisitos fundamentais para suportar a comunicação multilíngue baseada em e-mail e o software pronto para o EAI é fundamental para permitir que as pessoas usem com sucesso um endereço de e-mail em seu idioma de escolha.

História do EAI

Desde a sua criação, o sistema de nomes de domínio (DNS) expandiu-se para incluir mais de 1.500 nomes de domínio de primeiro nível, muitos dos quais estão em diferentes scripts. Entretanto, nem todos os sistemas de e-mail podem processar endereços de e-mail internacionalizados. Portanto, software e serviços de e-mail devem fazer mudanças específicas na infra-estrutura de software para suportar tais endereços de e-mail.

Embora tenha havido um aumento nas ferramentas, documentação e adoção de nomes de domínio e endereços de e-mail internacionalizados nos idiomas e scripts locais, ainda é necessário fazer uma implantação mais abrangente de software para garantir que tal comunicação seja confiável. O suporte ao EAI é parte de um esforço maior chamado aceitação universal (UA), que é uma melhor prática que garante que todos os nomes de domínio e endereços de e-mail funcionem com todas as aplicações, dispositivos e sistemas. A UA concentra-se em ajudar a tornar a Internet acessível e inclusiva dos próximos bilhões de usuários, a maioria dos quais provavelmente usará idiomas e scripts diferentes e exigirá suporte multilíngüe.

Regras do EAI

O Universal Acceptance Steering Group (UASG) é um consórcio apoiado pela ICANN que é composto por especialistas individuais e mais de 170 organizações de todo o mundo, incluindo Apple, GoDaddy, Google, Microsoft e Verisign. O UASG criou vários guias de prontidão da UA e documentação para ajudar CIOs e desenvolvedores a entender os princípios básicos da UA, assim como documentação específica para EAI.

Adicionalmente, o UASG gerou domínios de teste, construiu páginas de destino e desenvolveu uma lista de endereços de e-mail que as empresas podem usar para testar seus sistemas de e-mail, tais como [email protected] رسيل.السعودية e 测试[email protected]世界. Finalmente, qualquer pessoa pode verificar se o seu servidor de email suporta endereços EAI ou contactar o UASG directamente com perguntas através do seu website.

.